Após fala de Bolsonaro, Guedes diz que 'economia está voltando em V'

O ministro da Economia disse à CNN que Bolsonaro fazia referência ao esgarçamento das contas públicas

Thais Arbex
Por Thais Arbex, CNN  
05 de janeiro de 2021 às 20:30 | Atualizado 05 de janeiro de 2021 às 20:43

 

Horas depois de o presidente Jair Bolsonaro afirmar que o “Brasil está quebrado”, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse à CNN que Bolsonaro fazia referência ao esgarçamento das contas públicas. “A economia está voltando em V e o setor privado está decolando”, afirmou Guedes. 

A declaração de Bolsonaro foi mal recebida por destoar das posições apresentadas por Guedes e por sua equipe econômica, que têm afirmado constantemente que a economia do país está em recuperação acelerada. 

Assista e leia também

Bolsonaro diz que Brasil está 'quebrado' e que não pode fazer nada

Ex-presidente da Anvisa: 'É imoral vacinação antecipada para quem tem dinheiro'

O ministro da Economia disse, no entanto, que não há divergência com Bolsonaro. “O presidente reforçou o compromisso do governo com o teto de gastos”, afirmou Guedes. 

Bolsonaro afirmou a apoiadores nesta terça-feira que o Brasil está quebrado e que ele não consegue fazer nada. 

"Chefe, o Brasil está quebrado, e eu não consigo fazer nada. Eu queria mexer na tabela do Imposto de Renda, teve esse vírus, potencializado por essa mídia que nós temos. Essa mídia sem caráter. É um trabalho incessante de tentar desgastar para tirar a gente daqui e atender interesses escusos da mídia", disse o presidente.

Paulo Guedes e Jair Bolsonaro conversam em evento em Brasília
Paulo Guedes e Jair Bolsonaro conversam em evento em Brasília
Foto: Adriano Machado/Reuters (11.dez.2019)