Salários de até R$ 45 mil: Conheça as profissões mais promissoras para 2021

Gerente de RH e especialista em aquisição de talentos são os cargos com salários mais altos

Anna Gabriela Costa, colaboração para CNN Business
05 de janeiro de 2021 às 05:00 | Atualizado 05 de janeiro de 2021 às 19:16


 

Para muitos profissionais, o início de um novo ano significa dar uma guinada na carreira. Um estudo feito pela Page Group revela quais são as 30 profissões mais promissoras para 2021, com salários de até R$ 45 mil.

Destacam-se os cargos de gerente de recursos humanos, caça-talentos de empresas (famoso head hunter) e desenvolvedor de games. O levantamento contempla posições consideradas de alto escalão, média e alta gerência, níveis técnicos e de apoio à gestão.

De acordo com o diretor-geral da Michael Page e Page Personnel, Ricardo Basaglia, a pandemia afetou diretamente as formas de contratação de empresas, e isso interfere nos cargos em destaque para 2021.

Leia também:
Mapa do Emprego: Veja quais os setores em alta e como ficam os salários em 2021
A pandemia não acabou. Mas você pode progredir em sua carreira em 2021

Mercado de trabalho
Mercado de trabalho
Foto: Marvin Meyer / Unsplash


“Tivemos muitas contratações remotas e demandas por cargos ligados às áreas de saúde e tecnologia, setores fortemente impactados neste ano. As companhias também aceleraram as contratações de terceiros e temporários, tendência que deve ser mantida", afirma.

Com a chegada da vacina, reformas estruturais em curso e retomada da economia, o executivo espera que as empresas reforcem seus times, iniciando uma nova onda de expansão. 

Para fazer o levantamento de cargos mais promissores, o grupo consulta permanentemente empresas de todos os portes de 14 setores distintos. 

“A partir dessa conversa e do entendimento das reais necessidades de contratação, os consultores consolidam essas informações e produzem a relação final dos cargos com maior possibilidade de demanda das empresas”, explica.

Confira a lista completa de profissões e salários:

 

Recursos humanos

Carteira de Trabalho e Previdência Social
Carteira de Trabalho e Previdência Social
Foto: Marcello Casal/Agência Brasil


Cargo: Gerente

O que faz: responsável por todas as demandas de recursos humanos. Atua no desenho das estratégias de pessoas, sendo parceiro estratégico do negócio. 

Salário: de R$ 25 mil a R$ 45 mil 

 

Cargo: Especialista em aquisição de talentos

O que faz: atua com atração de talentos, tendo um olhar estratégico para o negócio. 

Salário: de R$ 15 mil a R$ 20 mil 

 

Tecnologia da informação

Mãos teclando em notebook
Senhas facilmente decifráveis podem arriscar a segurança dos dados
Foto: Pixabay


Cargo: DPO (Data Protection Officer)

O que faz: com a nova lei de proteção de dados pessoais, o DPO será o profissional encarregado de administrar e avaliar todos os dados da empresa, desde a coleta até o tratamento das informações. Além disto, terá um papel de interlocutor com o órgão regulatório de fiscalização de dados.

Salário: R$ 20 mil

 

Cargo: Gerente de cyber security

O que faz: esses profissionais são responsáveis por liderar toda estrutura de segurança da informação, assim como área de riscos, governança e segurança cibernética. Implantam processos de segurança, direcionam iniciativas, ferramentas e projetos de tecnologia para evitar e solucionar ataques.

Salário: de R$ 25 mil a R$ 35 mil

 

Cargo: Especialista em cloud

O que faz: os especialistas em cloud (geralmente com foco em AWS ou Azure) dão suporte para as companhias no que se refere à operação remota, garantindo que todos os sistemas em cloud funcionem bem e não atrapalhem o dia a dia da operação. 

Salário: de R$ 14 mil a R$ 19 mil

 

Cargo: Gerente de data science

O que faz: esses profissionais são focados em trazer inteligência e estratégia para as companhias por meio da estruturação da base de dados e da utilização de análises dos dados. Podem ajudar as empresas a tomar decisões sobre o negócio.

Salário: de R$ 19 mil a R$ 29 mil

 

Cargo: Desenvolvedor de games

O que faz: Responsável pela programação dos jogos. Como um simples bug de código pode impactar em todo o jogo, em geral as empresas de games são exigentes quanto ao conhecimento técnico destes profissionais.

Salários: de R$ 8 mil a R$ 15 mil

 

Digital

Smartphone
Aplicativos disponíveis em tela de smartphone
Foto: Rami Al-zayat/Unsplash


Cargo: Gerente de produto

O que faz: responsável por direcionar a estratégia, o plano de evolução e as entregas dos produtos digitais.

Salários: de R$ 25 mil a R$ 40mil + participação acionária

 

Finanças 

Economias de dinheiro
Economias de dinheiro e moeda
Foto: Dmitry Demidko / Unsplash


Cargo: Business controller

O que faz: se associa a outras funções fora da operação de finanças, atuando quase como um consultor. É um profissional ativo, focado externamente e orientado para o futuro. Possui forte relacionamento com áreas como logística, produção, vendas e marketing. 

Salários: de R$ 15 mil a R$ 30 mil 

 

Cargo: Gerente fiscal
O que faz: coordena e revisa o cálculo de impostos e obrigações acessórias, apoia a apuração e o pagamento de tributos, atendimento a auditorias, implantação de melhorias fiscais, cálculo de impostos diretos e indiretos, além de elaborar a declaração de IR.

Salários: de R$ 14 mil a R$ 20 mil + variável.

 

Agronegócio

Soja
Detalhe de grãos de soja. Agronegócio brasileiro sairá mais forte da crise
Foto: Kelly Sikkema/Unsplash

 

Cargo: Gerente territorial de vendas 

O que faz: responsável por gerir a carteira de vendas de uma determinada região, incluindo a gestão do time responsável pela atuação de ponta da mesma. Este time pode ser composto por vendedores, representantes ou até mesmo um time híbrido. 

Salário: de R$ 13 mil a R$16 mil + remuneração variável. 

 

Engenharia e manufatura

Calculadora
Calculadora
Foto: Vishwarajsinh Rana / Unsplash


Cargo: Coordenador de saúde, segurança e meio ambiente

O que faz: responsável por toda a estrutura de saúde, segurança e meio ambiente das empresas, muitas vezes assumindo também a segurança patrimonial. Deve garantir que a cultura de segurança seja seguida desde o mais alto nível da organização até o chão de fábrica, capacitando e promovendo treinamentos para todos. Assegurar que as normas e leis de meio ambiente sejam devidamente seguidas. 

Salário: de R$ 9,5 mil a R$ 13 mil

 

Logística

Santos Brasil
Santos Brasil
Foto: Ronen Zvulun/Reuters


Cargo: Coordenador de suprimentos 

O que faz: elo entre as estratégias da área de compras e a execução operacional. Conduz negociações e busca novos fornecedores para melhor rentabilizar o orçamento estipulado para a área. Também mantém interface direta com produção e logística e planeja todo o fluxo de compras no curto, médio e longo prazo. 

Salário: de R$ 9 mil a R$ 12 mil

 

Saúde

Médico
Médico durante expediente
Foto: National Cancer Institute/Unsplash

Cargo: Enfermagem assistencial (hospitalar)

O que faz: realiza a promoção segura e eficaz da assistência ao paciente. Supervisiona o cuidado, procedimentos e manejo do tratamento ao doente. Apoio educacional e treinamento com relação aos protocolos hospitalares aos técnicos e auxiliares. Realiza tarefas administrativas como checagem de prescrições, atualização de informações no prontuário para uma assistência de qualidade.

Salário: de R$ 3,5 mil a R$ 6,5 mil

 

Cargo: Médico assistencial (hospitalar) 

O que faz: responsável pelo atendimento assistencial dos pacientes, pela interface com toda a equipe multidisciplinar, pela organização das informações via prontuário e prescrições, pela participação ativa na evolução do tratamento do paciente por meio de reuniões e avaliação/acompanhamento dos indicadores de qualidade assistencial.

Salário: de R$ 15 mil a R$ 35 mil

 

Cargo: Gerente de assuntos regulatórios

O que faz: responsável pela gestão dos processos de registro e renovações de produtos/serviços, aprovações e renovações de licenciamentos e certificações regulatórias. Gerenciamento dos cumprimentos legais e adequações de normas, além de realizar reuniões técnicas com os representantes da Anvisa e demais órgãos reguladores. Responsável pelo compliance das informações regulatórias dos produtos/serviços do portfólio da empresa. Coordenação de dossiês e gestão da equipe para a submissões aos órgãos específicos.

Salário: de R$ 20 mil a R$ 35 mil

 

Cargo: Gerente comercial

O que faz: responsável pelas estruturas de venda e eventualmente de gestão do marketing. É quem define a estratégia e políticas comerciais da empresa, atuando com a sua equipe na linha de frente de vendas por meio do canal direto ou distribuição.

Salário: de R$15 mil a R$ 30 mil

 

Jurídico

Judiciário
Judiciário
Foto: Tingey Injury Law Firm / Unplash


Cargo: Gerente jurídico de societário, M&A e mercado de capitais

O que faz: responsável por gerir a rotina societária do dia-a-dia da companhia e suas subsidiárias. Além disso, possui grande responsabilidade frente aos órgãos reguladores como CVM e na estruturação de operações financeiras como IPO e/ou estruturação de títulos de dívidas.

Salários: R$ 20 mil a R$ 35 mil + variável

 

Cargo: Gerente jurídico

O que faz: gerenciar o departamento jurídico (questões cíveis, tributárias, societárias, entre outras), elaboração e acompanhamento de ações judiciais contra terceiros, estruturação de departamento jurídico, análise e elaboração de contratos, relacionamento com investidores.

Salário: R$ 15 mil a R$ 25 mil + variável

 

Vendas

varejo compras
Foto: Reprodução/ Pixabay

Cargo: Executivo sênior de vendas de tecnologia - serviços financeiros
O que faz: é responsável pela venda de serviços, softwares ou produtos para o segmento de serviços financeiros.
Salário: de R$ 15 mil a R$ 40 mil + variável