Ministério da Economia sonda montadoras para comprarem fábricas que Ford fechará


Igor Gadelha
Por Igor Gadelha, CNN  
12 de janeiro de 2021 às 14:53 | Atualizado 12 de janeiro de 2021 às 14:56
Fábricas da Ford serão fechadas no Brasil
Fábricas da Ford serão fechadas no Brasil
Foto: Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo

Integrantes da equipe econômica sondaram, nas últimas horas, pelo menos três montadoras sobre o interesse dessas empresas em adquirir as fábricas que a Ford pretende fechar nos próximos meses no Brasil. 

As sondagens começaram a ser feitas ainda nesta segunda-feira (11), após a empresa comunicar ao Ministério da Economia que encerraria a produção de veículos nas plantas de Taubaté (SP), Camaçari (BA) e Horizonte (CE). 

Leia também:

Análise: Por que a Ford escolheu a Argentina em vez do Brasil
Ford deixará de oferecer Ka e EcoSport; lembre outros carros clássicos da marca

Cerca de uma hora antes de anunciar para a imprensa, diretores da Ford  comunicaram a decisão previamente a secretários da equipe do ministro Paulo Guedes por meio de uma videoconferência.

Segundo apurou a CNN, a equipe econômica não espera reversão da medida adotada pela Ford, pois os dirigentes da montadora teriam deixado claro se tratar de uma decisão tomada em nível global. 

Com isso, a preocupação do governo federal agora é tentar preservar os empregos gerados pelas fábricas da Ford, por meio da transferência das plantas para outras montadoras interessadas. 

Das três empresas já procuradas, duas teriam informado à equipe econômica que discutiriam os assuntos com suas sedes. A outra não teria demonstrado interesse, mas ponderou que conversaria com a chefia global. 

Auxiliares de Guedes disseram à CNN que não podem revelar o nome das empresas para não atrapalhar as negociações, que devem envolver também os governos dos estados em que as fábricas estão localizadas.