Toyota suspende algumas linhas de produção na China por falta de semicondutores

Algumas linhas de produção foram interrompidas desde segunda-feira (11), na GAC Toyota, sua joint venture com o GAC Group da China

Reuters
12 de janeiro de 2021 às 10:41
A logomarca da montadora japonesa Toyota (05.mar.2019)
Foto: Pierre Albouy/Reuters

A Toyota interrompeu algumas de suas linhas de produção na cidade de Guangzhou, na China, devido à escassez de semicondutores, disse a montadora japonesa nesta terça-feira (12), o último caso de escassez que afeta a indústria automobilística.

Algumas linhas de produção foram interrompidas desde segunda-feira (11), na GAC Toyota, sua joint venture com o GAC Group da China, disse uma porta-voz da Toyota, sem indicar prazo da interrupção ou os modelos de carro afetados. 

Leia também:
Governo deverá cortar mais gastos para bancar salário mínimo de R$ 1.100
Óleo de soja mais que dobra de preço e arroz sobe 76% no acumulado de 2020
Análise: Por que a Ford escolheu a Argentina em vez do Brasil

A Toyota disse na sexta-feira (8), que cortaria a produção de sua picape Tundra em sua fábrica de San Antonio, no Texas. Os fabricantes de automóveis e eletrônicos enfrentam uma escassez global de chips à medida que a demanda do consumidor se recupera da crise do coronavírus, ultrapassando a oferta.

Ford, Fiat Chrysler e Nissan também anunciaram cortes de produção neste mês devido à falta de semicondutores.