Salário mínimo deveria ser de R$ 5.304, aponta estudo do Dieese

O levamento usa como base a cesta mais cara do país, neste caso, a da capital paulista que custava R$ 631,46 em dezembro

Estela Aguiar* do CNN Brasil Business, em São Paulo
13 de janeiro de 2021 às 07:28 | Atualizado 13 de janeiro de 2021 às 08:20
Notas de dinheiro
Notas de dinheiro
Foto: Marcos Santos / USP Imagens

 

Em uma família composta por dois adultos e duas crianças, o salário mínimo deveria ser de R$ 5.304,90. É o que revela a estimativa feita pelo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

É bom lembrar que o salário mínimo atualmente é de R$ 1.100. Ou seja, o salário mínimo proposto pela entidade é 4,82 vezes maior do que o atual. 

Leia também:
Em uma década, bolsa perdeu para poupança e inflação e foi o pior investimento
Duas palavras de Musk fizeram ações de empresa desconhecida saltar quase 12.000%

O levamento do Dieese usa como base o preço da cesta básica mais cara do país, neste caso, a da capital paulista. A cesta básica em São Paulo custa R$ 631,46, alta de 24,67% no ano. Já a do Rio de Janeiro aparece na segunda colocação com a cesta custando R$ 621,09, avanço de 20,15% no ano.

Já entre as capitais com a cesta mais barata, está Aracaju com R$ 453,16, com variação de 28,15% no ano, e Natal com R$ 458,79 e variação de 19,55% no ano. 

* Sob supervisão de Natália Flach