JBS doa R$ 5 milhões para fábrica de vacinas do Instituto Butantan

A Vale também anunciou doação de R$ 10 milhões ao Butantan para ajudar nas obras de ampliação do centro de produção de vacinas

Matheus de Souza, da Agência Estado
04 de fevereiro de 2021 às 14:27
Vacina Coronavac será produzida pelo Instituto Butantan
Foto: Paulo Guereta/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

A JBS anunciou que doou R$ 5 milhões para o Instituto Butantan para a construção do Centro Multipropósito para Produção de Vacinas em São Paulo. De acordo com a nota da instituição, a fábrica ficará pronta em setembro deste ano e irá dobrar a capacidade do instituto para fabricação de vacinas.

"O empreendimento permitirá a produção totalmente nacional da Coronavac, eliminando a necessidade de importação do IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), matéria-prima que dá origem ao imunizante. Com a transferência de tecnologia da farmacêutica chinesa Sinovac e a ampliação das instalações, o Butantan terá capacidade estimada para produção de cerca de 100 milhões de doses por ano", disse a multinacional.

A empresa informa ainda que desde o início da pandemia já investiu R$ 50 milhões em pesquisas científicas para a prevenção e combate à covid-19 no País, que contribuíram com 39 pesquisas e projetos científicos em mais de 13 Estados da federação.

Em São Paulo, a JBS comunica que seu programa de responsabilidade social, chamado de "o Fazer o Bem Faz Bem", destinou R$ 15 milhões ao fomento de pesquisas científicas de 13 instituições.

Vale

Na quarta-feira (3), a Vale também anunciou a doação de R$ 10 milhões ao Butantan para ajudar nas obras de ampliação do centro de produção de vacinas.