Wix.com prevê forte performance em 2021 com salto na demanda por sites de PMEs

"Tivemos uma aceleração de cinco anos em um espaço de alguns meses", disse o presidente da empresa, Nir Zohar

Steven Scheer, da Reuters
17 de fevereiro de 2021 às 17:08
Sede da Wix
Sede da Wix, em Israel: empresa deve crescer ainda mais em 2021
Foto: Baz Ratner/Reuters

A empresa de hospedagem de sites voltados a pequenos negócios Wix.com espera que as receitas este ano cresçam cerca de 30%, em meio à forte demanda gerada pelas medidas de isolamento social.

Mesmo com as economias ao redor do mundo deixando estágios de isolamento, empresas continuam comprometidas em criarem e ampliarem sua presença online, disse Nir Zohar, presidente da Wix.

"Tivemos uma aceleração de cinco anos em um espaço de alguns meses", disse Zohar à Reuters, depois da publicação de resultados de quarto trimestre da companhia.

A Wix projeta crescimento de 29 a 30% na receita este ano, para US$ 1,27 bilhão a US$ 1,29 bilhão, depois de um aumento de 30% em 2020. Analistas, em média, esperavam uma projeção para 2021 de US$ 1,26 bilhão, segundo a Refinitiv.

A Wix tem 196,7 milhões de assinantes depois de elevar a base no quarto trimestre em 7,4 milhões, um crescimento de 27%.

A companhia israelense planeja investimento de US$ 60 milhões neste ano, o que inclui a contratação de mais 600 funcionários.

A empresa teve prejuízo líquido ajustado no quarto trimestre de 3 centavos de dólar por ação ante um lucro de 39 centavos por papel um ano antes. A receita subiu 38%, para US$ 282,5 milhões.

Analistas esperavam que a Wix tivesse prejuízo de 11 centavos de dólar sob receita de US$ 270,2 milhões, segundo a Refinitiv.