Gasto de brasileiros com viagens ao exterior é o menor para janeiro desde 2005

As despesas de brasileiros com viagens internacionais caiu 78,6% em janeiro na comparação com o primeiro mês do ano passado

Anna Russi, da CNN Brasil, em Brasília
24 de fevereiro de 2021 às 10:24 | Atualizado 24 de fevereiro de 2021 às 10:37
Aeroporto, avião, passageiro, voo, viagem
Foto: Leonardo Miranda/Unsplash

O setor de turismo continua desaquecido neste ano. As despesas de brasileiros com viagens internacionais caiu 78,6% em janeiro na comparação com o primeiro mês do ano passado, quando a pandemia ainda não tinha chegado ao Brasil. 

Janeiro costuma ser um mês em que mais brasileiros viajam por causa das festas de fim de ano e do período de férias escolares. No entanto, enquanto no primeiro mês de 2020 os gastos com viagens ao exterior somaram US$ 1,438 bilhões, em janeiro deste ano o valor foi de apenas US$ 308 milhões. Esse é o menor valor para o mês de janeiro desde 2005, quando as despesas lá fora foram de US$ 296 milhões.

O resultado é da nota de Setor Externo, divulgada pelo Banco Central nesta quarta-feira (24). Além do fechamento de fronteiras e da alta do dólar, a tensão econômica em meio às incertezas sobre a evolução da pandemia e a eficácia das vacinas também contribuiu para o desaquecimento do turismo, especialmente o internacional.

No ano passado todo, os brasileiros gastaram 69,3% menos com viagens internacionais do que no ano anterior. 

Estrangeiros no Brasil 

Embora com menos impacto, o turismo de estrangeiros com destino ao Brasil também sofreu com as crises sanitária e econômica. Os gastos de moradores do exterior com viagens para o país recuaram 60,1% em janeiro de 2021, ante mesmo mês do ano passado. 

No primeiro mês do ano as viagens de estrangeiros ao Brasil somaram US$ 269 milhões. Em 2020, as receitas estrangeiras de viagens recuaram 49% na comparação com o ano anterior. 

Com a queda de ambos, gastos estrangeiros no país e gastos de brasileiros no exterior, o desempenho da conta de serviços de viagens melhorou 94,9% na comparação entre janeiro deste ano e janeiro de 2020. Isso porque antigamente os brasileiros gastavam muito mais recursos no exterior do que os estrangeiros no Brasil.

Enquanto o déficit do mês passado foi de US$ 39 milhões, no mesmo mês de 2020 foi registrado resultado negativo de US$ 764 milhões.