Congresso prorroga por 60 dias MP que isenta pagamento de conta de luz no Amapá

Moradores do Amapá estão desde novembro isentos do pagamento de energia elétrica

Bianca Camargo, da CNN, em São Paulo
25 de fevereiro de 2021 às 06:20
Vistoria das instalações elétricas no Amapá
Vistoria das instalações elétricas no Amapá
Foto: Divulgação/Ministério de Minas e Energia

 

O presidente da Mesa do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), prorrogou por mais 60 dias a MP que isenta os consumidores dos municípios do Amapá, atingidos pelo estado de calamidade pública, do pagamento da conta de luz. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (25) do "Diário Oficial da União" (DOU). 

O Amapá enfrentou, em novembro, uma crise no fornecimento de energia elétrica, quando um incêndio atingiu o transformador 1 da subestação da empresa Isolux. Em função do apagão, a Justiça Eleitoral chegou a adiar as eleições municipais de 2020 em Macapá.

 

Na ocasião, o presidente Jair Bolsonaro assinou a MP que isentou os moradores do Amapá do pagamento da conta de energia.

Quase dois meses após a crise, o estado enfrentou um novo apagão em janeiro, ao menos 13 das 16 cidades do Amapá ficaram sem fornecimento de energia elétrica.