SEC suspende 15 ativos de empresas por atividade questionável em redes sociais

Esta é a terceira e maior onda de suspensões do regulador em resposta à atividade em mídia social

da Reuters
26 de fevereiro de 2021 às 18:48 | Atualizado 26 de fevereiro de 2021 às 19:19
Um homem fala ao telefone em frente à GameStop, em fevereiro de 2021, em Nova Yo
Um homem fala ao telefone em frente à GameStop, em fevereiro de 2021, em Nova York.
Foto: Foto de John Smith / VIEWpress via Getty Images

A autoridade do mercado de capitais dos Estados Unidos, SEC, suspendeu nesta sexta-feira negócios com papéis de 15 empresas por causa de "negociações questionáveis ??e atividades de mídia social", na última de uma várias interrupções temporárias de negociações das chamadas "ações meme".

A medida deveu-se ao fato de nenhuma das empresas ter apresentado qualquer informação ao regulador por mais de um ano, disse a SEC em comunicado. Esta é a terceira e maior onda de suspensões do regulador em resposta à atividade em mídia social.

O interesse de investidores de varejo em certas ações, principalmente da GameStop, tem sido impulsionado por um frenesi em redes sociais, o que tem levado a negócios voláteis.

A SEC continua revisando os dados de mercado para identificar outros títulos com "tentativas potenciais de explorar investidores durante a recente volatilidade do mercado", disse a autoridade.

Veja a lista de ativos suspensos nesta sexta-feira aqui.