Editora de conteúdo de áudio Ubook entra para fila de pedidos do registro de IPO

Fundada em 2013 como uma plataforma de oferta de áudio digital, a Ubook tem média mensal de 890 mil usuários ativos

Por Aluisio Alves, da Reuters
15 de março de 2021 às 18:45
B3
Leilão de áreas no porto de Santos na B3, a bolsa de valores paulista, em 13/08/2019
Foto: Alberto Ruy/MInfra (13/08/2019)

A Ubook, que se apresenta como líder na América Latina em streaming de áudio, pediu nesta segunda-feira (15) o registro para realizar uma oferta inicial de ações (IPO).

Fundada em 2013 como uma plataforma de oferta de áudio digital, a Ubook distribui audiobooks, e-books, podcasts, séries, documentários, notícias, revistas e música em português e em espanhol, com média mensal de 890 mil usuários ativos.

A Ubook diz que pretende usar os recursos da venda de ações novas para comprar empresas de tecnologia e conteúdo; investir em produção de conteúdo e em marketing, abrir lojas conceito; e para pagar despesas gerais e administrativas.

Na oferta, que será conduzida por BTG Pactual, Bradesco BBI e XP, acionistas atuais da Ubook também venderão uma fatia no negócio, mas o prospecto preliminar da operação não diz quais.

O maior acionista atual da Ubook é o Fundo de Investimento em Participações Avanti Multiestratégia, com 36% do capital.