Governo quer criar programa social para depois da fase crítica da pandemia

A informação foi divulgada nesta terça-feira (16), pelo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)

Eduardo Simões, da Reuters
16 de março de 2021 às 12:24
O presidente Jair Bolsonaro (10.mar.2021)
O presidente Jair Bolsonaro (10.mar.2021)
Foto: Reprodução/CNN

O governo do presidente Jair Bolsonaro quer criar um programa social "robusto" depois que a fase mais crítica da pandemia de Covid-19 passar, disse nesta terça-feira em sua conta no Twitter o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

Ele prometeu, sem dar detalhes, que o novo programa respeitará o teto de gastos públicos e avaliou que existe espaço fiscal nas contas para a criação do programa.

"Após superarmos a fase mais crítica da pandemia, vamos trabalhar em um programa de proteção social robusto, que atenda às parcelas mais vulneráveis da população. Faremos isso com responsabilidade, dentro do teto de gastos", disse Bezerra em sua conta no Twitter.

"O governo e o Congresso renovaram o compromisso com o teto de gastos, mas há espaço fiscal para ampliar a proteção social. Com a reforma da Previdência e a PEC Emergencial, conseguimos reduzir as principais despesas públicas", avaliou.