Mulheres tendem a pedir menos aumento que homens na pandemia, aponta pesquisa

Segundo o estudo, enquanto 59% dos homens se mostraram favoráveis a negociar, 48% das mulheres afirmaram o mesmo

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo
27 de março de 2021 às 05:00
Mulheres
Foto: Pixabay

As mulheres, mesmo estando empregadas durante a pandemia do novo coronavírus, têm 19% menos probabilidade de pedir um aumento para as empresas em que trabalham do que os homens.

Ao menos é o que aponta uma pesquisa feita pelo site de avaliações empresariais Glassdoor com 1.400 adultos. Segundo o estudo, enquanto 59% dos homens se mostraram favoráveis a negociar, 48% das mulheres afirmaram o mesmo.

Sem levar em conta o gênero, 54% dos americanos pretendem pedir por um aumento, bônus ou uma ajuda de custo maior nos próximos 12 meses. 

"Antes da pandemia, nossas pesquisas mostravam sinais de que a diferença de pagamento entre gêneros estava diminuindo. Era uma notícia promissora [...] mas, com um ano de pandemia, estamos começando a entender os impactos do ano passado no trabalho e no pagamento", afirmou o economista chefe do Glassdoor, Dr. Andrew Chamberlain, em um comunicado publicado no site oficial da companhia.

"O que está claro é que o trabalho para garantir que as mulheres busquem oportunidades iguais de avançar e aumentar seus salários na mesma proporção que seus colegas homens não é importante apenas para as carreiras individuais das mulheres, mas para garantir que não percamos terreno para acabar com a diferença salarial", explicou. 

Como pedir aumento? Três dicas

Segundo o Glasdoor, na hora de pedir aumento, três passos são essenciais. 

O primeiro deles é construir a sua narrativa. Nele, a pesquisa é essencial para ter uma conversa eficaz. "Ferramentas que calculam o salário com base em dados sobre o impacto que você trouxe com o seu papel vão te ajudar a identificar a faixa correta de pagamento para suas necessidades e construir um caso quando for o momento de conversar com um empregador", explica o Glassdoor. 

Em segundo lugar, vem a prática. "Lembre-se que negociar ou pedir um aumento é uma discussão. Pratique com amigos ou com a sua gamília e construa a confiança necessária para conseguir falar o que você quiser como você quiser e como você irá responder. Use um guia com pontos importantes que você pode usar durante a conversa", indica a plataforma. 

Por último, é necessário achar a janela de oportunidade. "Saber quando perguntar é tão importante quanto a própria discussão. Negociar durante uma oferta de emprego é um ponto de partida comum. Outros períodos oportunos para pedir um aumento são depois de um projeto de sucesso ou antes de uma análise anual de perfomance", finaliza o Glassdoor.