Congresso e empresariado sobem o tom para Bolsonaro controlar a pandemia

Neste episódio do Abertura de Mercado, André Jankavski fala sobre como o mercado e o ministro da Economia, Paulo Guedes, responderam ao Orçamento aprovado

André Jankavski, do CNN Brasil Business, em São Paulo
29 de março de 2021 às 05:00
Abertura de Mercado André Jankavski
Foto: CNN/Divulgação

Empresários e congressistas têm se reunido nos últimos dias. Vários empresários se juntaram com os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, e alinharam seus pensamentos sobre a conduta do governo federal em relação à pandemia. Lira e Pacheco, junto com o apoio de vários líderes do centrão, começaram a articular planos caso as conversas com o presidente Jair Bolsonaro não resultem em melhores práticas.

Neste episódio do Abertura de Mercado, André Jankavski fala sobre como o mercado e o ministro da Economia, Paulo Guedes, responderam aos resultados da votação do Orçamento 2021, e toda sua festa de emendas, e também sobre os embates políticos gerados pela carta de críticas ao governo federal, redigida e assinada por vários empresários e banqueiros. 

Ouça também sobre os temores de alguns grandes nomes, como Ray Dalio, bilionário e criador do fundo mais lucrativo do mundo, e Guo Shuqing, chefe do Banco Popular da China, sobre uma possível queda mundial das bolsas de valores, pior talvez de que as quedas de 1929, e 2000. Jankavski fala também sobre a crescente implacável do dólar e se vale a pena investir na moeda americana. 

E nessa semana começamos o quadro “Ação da Semana”, para saber qual papel deve ter algum destaque nos negócios nos próximos cinco dias. Para isso, contamos com a presença de Fernando Habda, estrategista de pessoa física do Santander, que escolheu a Eletrobras.