Para ministro, leilão de 22 aeroportos deve trazer novos concorrentes ao Brasil

Divididos em três blocos e distribuídos em 12 Estados, os terminais serão concedidos à iniciativa privada por 30 anos, em leilão nesta quarta-feira (7)

Aluisio Alves, da Reuters
06 de abril de 2021 às 12:55
Avião da companhia Emirates decola em Aeroporto Internacional de Dubai
Foto: Christopher Pike - 15.fev.2019/ Reuters

O leilão de 22 aeroportos brasileiros deve trazer ao país novos concorrentes por concessões de logística, disse nesta terça-feira (6) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

"O leilão de aeroportos deve ter fundos de investimentos participando de consórcios", disse Freitas durante evento online do Bradesco BBI com investidores.

Divididos em três blocos e distribuídos em 12 Estados, os terminais serão concedidos à iniciativa privada por 30 anos, em leilão nesta quarta-feira (7), na sede da B3, em São Paulo.