Secretários de Orçamento e do programa de privatizações também deixarão Economia

Mais cedo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, demitiu o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues

Thais Arbex
Renata Agostini
27 de abril de 2021 às 16:42 | Atualizado 27 de abril de 2021 às 17:53

 

Ao mesmo tempo em que promove mudança no comando da secretaria especial de Fazenda, o ministro da Economia Paulo Guedes terá de lidar com alterações em cargos importantes na pasta.

O secretário de Orçamento Federal (SOF) do Ministério da Economia, George Soares, e a secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Martha Seillier, também deixarão os cargos, segundo relato de integrantes do governo.

A sequência de mudanças que Guedes terá de promover na estrutura do ministério envolve ainda o posto de Vanessa Canado, assessora encarregada pela reforma tributária, e de Yana Dumaresq, secretária-adjunta de comércio exterior.

 

O movimento acontece num momento em que Guedes decidiu tirar do cargo o atual secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues. Para o lugar dele, será escalado o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal.

A saída de Martha Seillier abre espaço para que o PPI volte ao comando do Palácio do Planalto ou, ainda, seja fundido a outra área do Ministério da Economia, segundo auxiliares de Guedes. Uma das possibilidades é que o programa seja incorporado à Secretaria-geral da Presidência, pasta comandada por Onyx Lorenzoni.

Paulo Guedes
Foto: NurPhoto / Colaborador / Getty Images