Após aprovação do Banco Central, Nubank confirma aquisição da Easynvest

O Nubank vai incorporar a corretora que possui 1,5 milhão de clientes e R$ 26 bilhões em ativos

André Jankavski, do CNN Brasil Business, em São Paulo
04 de maio de 2021 às 13:01 | Atualizado 04 de maio de 2021 às 14:15
NuBank
Funcionários em expediente no escritório do NuBank, em São Paulo
Foto: NuBank/Divulgação

 A fintech Nubank recebeu a aprovação do Banco Central para adquirir a Easynvest. O negócio foi anunciado em novembro do ano passado e não teve os valores revelados. Com isso, o Nubank vai incorporar a corretora que possui 1,5 milhão de clientes e R$ 26 bilhões em ativos.

No mesmo mês em que anunciou a aquisição, o Nubank havia recebido a liberação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). 

A partir de agora, o Nubank vai para cima do mercado de investimentos. Recentemente, o Nubank anunciou seus primeiros fundos de investimento multimercado, que ainda está fase de testes.

Mas a empresa também já colocou em curso uma expansão internacional. Em janeiro, recebeu um aporte de US$ 400 milhões e boa parte desse investimento vai para a expansão para o México. A ideia é bancarizar boa parte da população do Brasil e do México.

"Ainda tem 60 milhões de brasileiros que colocam o seu dinheiro no colchão, assim como no México e Colômbia, onde mais de metade da população não tem acesso a serviços financeiros", disse David Vélez, CEO do Nubank em entrevista recente ao CNN Brasil Business. "A oportunidade de bancarizar metade da América Latina é gigantesca."