Nova aérea terá passagem para os EUA por R$ 2.500 a partir de junho

O primeiro voo de Miami para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte acontecerá no dia 28 de junho

Tamires Vitorio e Matheus Prado, do CNN Brasil Business, em São Paulo
12 de maio de 2021 às 12:29 | Atualizado 12 de maio de 2021 às 14:01
Avião
Foto: Freepik

A partir de junho deste ano, a companhia aérea Easter Airlines irá disponibilizar voos diretos de Belo Horizonte (MG) para os Estados Unidos com passagens a partir de US$ 480, pouco mais de R$ 2.508 na cotação atual.

O primeiro voo de Miami para o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte acontecerá no dia 28 de junho, e outro entre Nova York e Belo Horizonte acontecerá um dia depois. 

De acordo com o aeroporto, ao todo, serão realizados seis voos semanais em um Boeing 767-300ER, com 236 assentos organizados nas classes Economy e Premium Economy.

Para Clayton Begido, gestor de Conectividade e Aviação da BH Airport, a ideia da Eastern Airlines não é, exatamente, competir com outras aéreas e, com a ajuda dos brasileiros, analisaram "quais são as rotas que estão servidas de maneiras indiretas entre Brasil e Estados Unidos".

"Essa é uma oportunidade única para Belo Horizonte, que agora vai ter um voo direto para Nova York e Boston. E, para a Eastern Airline, nós somos um hub para outros países da América Latina", diz Begido. 

Begido afirma que a parceria deixa o aeroporto "muito satisfeito" e explica que serão realizados "voos diários mesmo em período de crise" pela pandemia da Covid-19. "Nós mostramos que existe uma oportunidade muito grande de voos daqui para os EUA de maneira direta, sem escala", diz. 

O objetivo da Eastern Airlins, segundo Begido, é aumentar o leque de voos para outros locais, como a Califórnia, a depender da demanda. "O mineiro está cansado de ter que ir para São Paulo ou Rio de Janeiro para voar para outro país", brinca. "E, para a companhia aérea também é melhor, porque reduz os custos", afirma.