Produtora do jogo Cyberpunk 2077 prevê queda de vendas no 2º trimestre

O lucro líquido da empresa caiu US$ 64,7%, para 32,5 milhões, ficando abaixo da expectativa do mercado, de US$ 80 milhões

Por Anna Pruchnicka, da Reuters
31 de maio de 2021 às 18:55
REUTERS/Kacper Pempel
REUTERS/Kacper Pempel
Foto: REUTERS/Kacper Pempel

 A CD Projekt indicou que as vendas do games "Cyberpunk 2077" serão fracas no segundo trimestre e anunciou que o lucro dos três primeiros meses de 2021 ficou abaixo do esperado, pressionado por custos maiores.

Estrelado pela figura do ator Keanu Reeves, o Cyberpunk 2077 foi um dos videogames mais esperados em 2020. Mas o título teve três adiamentos e, após ser lançado com falhas, ficou fora da loja de games da Sony mais de cinco meses.

A CD Projekt não informou quantas unidades de jogo vendeu no trimestre. O vice-presidente financeiro da empresa afirmou a jornalistas que cerca de 60% da receita de 197,6 milhões de zlotys (US$ 53,94 milhões) veio das vendas de Cyberpunk.

O lucro líquido da empresa caiu US$ 64,7%, para 32,5 milhões, ficando abaixo da expectativa do mercado, de US$ 80 milhões.

A CD Projekt tem trabalhado em resolver os problemas de Cyberpunk desde o lançamento do título. Os custos de venda subiram 79,6%, para US$ 62,1 milhões no trimestre.

A CD Projekt planeja projetos paralelos de alto orçamento em 2022, e buscar oportunidades de fusões e aquisições.

Mas o futuro das vendas dependem da capacidade da empresa em atrair de volta os jogadores para Cyberpunk. Ela confirmou planos de disponibilizar conteúdo gratuito e atualizar tanto Cyberpunk quanto "The Witcher 3" para os novos consoles de videogames no segundo semestre.