Com apoio da Amazon, mercado de ações de cannabis pode ser impulsionado nos EUA

Sundial e Tilray, duas marcas do segmento, foram a quarta e a sétima ações mais mencionadas no popular subfórum do Reddit WallStreetBets na terça-feira (1)

Julia Horowitz, do CNN Business*
02 de junho de 2021 às 13:34 | Atualizado 02 de junho de 2021 às 13:34
Fundo de cannabis
Foto: Planet Flem/Getty Images

Depois de patinar nos últimos meses, as empresas que se concentram no setor em expansão dos produtos de cannabis podem estar prontas para decolar.

O que está acontecendo: investidores estão cada vez mais entusiasmados com o avanço de legislações em Washington que podem mudar dramaticamente a política contra a substância nos EUA.

E, na terça-feira (1), a Amazon anunciou seu apoio à legalização federal da maconha, indicando uma disposição crescente na América corporativa de apoiar a questão.

Nos últimos dias, nomes como Cronos, Tilray e Sundial Growers viram um aumento nas compras dos seus ativos por investidores amadores, de acordo com analistas da Vanda Research.

Grande parte do avanço está no Marijuana Opportunity Reinvestment and Expungement Act, ou Ato MORE, que foi reintroduzido no Congresso pelo Presidente do Comitê Judiciário da Casa Democrática, Jerry Nadler, na última sexta-feira (28).

O projeto de lei descriminalizaria a maconha em nível federal, removendo-a de uma lista de substâncias controladas e reavaliando condenações anteriores relacionadas ao produto.

"Apesar das poucas chances de que a lei seja aprovada [no] Senado (devido à obstrução dos Republicanos), o aumento da cobertura da mídia provavelmente atrairá a atenção do investidor de varejo médio", disseram Ben Onatibia e Giacomo Pierantoni da Vanda a clientes na quarta-feira (2).

Eles observaram que Sundial e Tilray foram a quarta e a sétima ações mais mencionadas no popular fórum Reddit WallStreetBets na terça-feira.

O grande anúncio da Amazon pode alimentar o hype. Em uma postagem no blog, Dave Clark, CEO da divisão de consumo mundial da Amazon, disse que mudar as leis estaduais sobre a maconha significa que a empresa não incluirá mais a substância em testes de drogas antes do emprego. A gigante da Internet também está endossando a Lei MORE.

"Esperamos que outros empregadores se juntem a nós e que os legisladores ajam rapidamente para aprovar esta lei", disse Clark. As empresas de cannabis estão prestando muita atenção.

"Continuamos focados no avanço de nosso ecossistema dos EUA e esperamos que uma reforma significativa da cannabis ocorra com este Congresso", disse o CEO da Canopy Growth, David Klein, a analistas na terça-feira. Ele disse que houve "um impulso bipartidário substancial nos últimos dois meses".

O que vem a seguir: o Índice de Cannabis S&P/TSX está no vermelho nos últimos três meses, mas permanece em alta de 33% no ano, após disparar em janeiro e fevereiro. Será que o amor do Reddit e a mudança da Amazon serão suficientes para desencadear outra onda de compras?

*Texto traduzido, clique aqui para ler o conteúdo original