Clientes Visa gastaram mais de US$ 1 bi em criptomoedas em seus cartões

A empresa disse que fez parceria com 50 plataformas para tornar mais fácil converter e gastar moedas digitais em 70 milhões de estabelecimentos no mundo

Niket Nishant, da Reuters
07 de julho de 2021 às 17:15 | Atualizado 07 de julho de 2021 às 17:24
Cartões de crédito
Cartões
Foto: Stephen Phillips / Unsplash

 A Visa divulgou nesta quarta-feira (7) que seus clientes tiveram gastos de mais de US$ 1 bilhão em seus cartões relacionados a criptomoedas no primeiro semestre deste ano, enquanto a processadora de pagamentos toma medidas para tornar as transações com moedas digitais mais simples.

A empresa disse que fez parceria com 50 plataformas de criptomoedas para tornar mais fácil para os clientes converter e gastar moedas digitais em 70 milhões de estabelecimentos em todo o mundo.

A confiança dos investidores em relação às criptomoedas azedou um pouco recentemente, com repressões regulatórias na China e em outros lugares. O bitcoin passou por uma queda violenta de preço após a euforia do início deste ano, que tinha levado a moeda digital a níveis recordes.

 

No entanto, grupos relevantes continuam a fortalecer seu envolvimento com ativos digitais. Na semana passada, o gigante de investimentos japonês SoftBank investiu 200 milhões de dólares na brasileira Mercado Bitcoin, uma das maiores bolsas de criptomoedas da América Latina.

O banco norte-americano Wells Fargo disse em maio que vai aderir a uma estratégia de criptomoeda gerenciada ativamente para seus clientes ricos, enquanto o Goldman Sachs lançou uma equipe de negociação de criptoativos no mesmo mês.