68% dos brasileiros não acreditam em retomada econômica neste ano

Levantamento do Radar Febraban também registrou que 52% dos entrevistados não veem melhora na situação financeira pessoal

Amanda Garcia, da CNN Brasil
14 de julho de 2021 às 10:02
Dinheiro
Dinheiro
Foto: Graiki / Getty Images

 

O levantamento da segunda edição do Radar Febraban, divulgado nesta quarta-feira (14), apontou que 68% dos entrevistados não acreditam que a economia brasileira se recupere ainda em 2021. Além disso, 52% avaliam que a situação financeira pessoal não vai se recuperar neste ano.

Mesmo com o pessimismo acentuado, no entanto, os números eram piores no estudo anterior. A expectativa de recuperação neste ano cresceu para 13% ante 9%, no primeiro levantamento.

Em entrevista à CNN Rádio, o presidente do Conselho Científico do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), Antônio Lavareda, avaliou que há “movimentos importantes” que apontam “na direção de uma retomada progressiva de expectativas otimistas”.

Para Lavareda, o “pessimismo ainda é elevado, mas já foi mais acentuado”. O especialista ainda destacou os dados sobre o poder de compra: para 48% dos entrevistados, o poder de compra das pessoas deve diminuir, enquanto 25% preveem um aumento e 23% acreditam que não haverá alteração. No levantamento anterior, eram 64%, 16% e 18%, respectivamente.

Isso indica, segundo Antônio Lavareda, que “começa a haver uma percepção de segmentos da sociedade de que a economia começa a andar nos trilhos”.

A pesquisa foi realizada no período de 18 a 25 de junho, com 3 mil entrevistados em nas cinco regiões do Brasil.