Twitter desiste de função com tuítes que desaparecem, sua versão de ‘stories’

Chamada de "Fleets", ferramenta será descontinuada em 3 de agosto, por não se mostrar popular entre os usuários

Reuters
14 de julho de 2021 às 17:26
Aplicativo do Twitter
Aplicativo do Twitter
Foto: Shutterstock

 

O Twitter anunciou nesta quarta-feira que vai desligar a função que permite o envio de tuítes que desaparecem depois de um tempo, chamada de "Fleets", em 3 de agosto, depois que o recurso não se mostrou popular entre os usuários.

O fechamento do produto ocorre oito meses depois que a rede social lançou o Fleets para todos os usuários e um mês depois que começou a testar publicidade dentro da ferramenta.

O Twitter afirmou que não viu um aumento no número de usuários que utilizam o Fleets como esperava.

Versão teste da ferramenta tem visual semelhante ao dos stories do Instagram; fotos também ficarão disponíveis apenas 24 horas (04.mar.2020)
Foto: Reprodução/Twitter (04.mar.2020)

 

O microblog não foi o primeiro a criar uma nova versão dos stories. O próprio Instagram implementou a ideia depois de fracassar, em 2016, na compra do Snapchat, pioneiro nas ferramentas de fotos temporárias. 

Depois, em 2017, Facebook e WhatsApp, todos sob mesma direção, também aderiram às postagens de apenas um dia. Um ano depois da implementação dos stories em sua plataforma, a equipe do Instagram justificou que a iniciativa “ajudou a aumentar a quantidade de tempo que as pessoas passam no aplicativo”.

 

“Aqueles com menos de 25 anos passam uma média de 32 minutos no Instagram por dia, enquanto aqueles com 25 ou mais passam uma média de 24 minutos diários”, descreveu o comunicado, sem especificar qual era a quantidade de tempo anterior.