32% dos brasileiros conseguiram economizar em 2020, diz pesquisa da CNI

O único serviço que apresentou aumento durante a pandemia foi o grupo de assinaturas online de música, jogos, séries e filmes

Paula Forster, da CNN Brasil

Ouvir notícia

Cerca de um terço da população brasileira economizou dinheiro durante a pandemia do novo coronavírus quando comparado ao período anterior, de acordo com o estudo Retratos da Sociedade Brasileira – Popupança e Consumo, realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os brasileiros que conseguiram poupar o fizeram por causa das incertezas trazidas pela crise sanitária sobre o futuro da renda e do emprego.

O levantamento também analisou o consumo de alguns bens e serviços. O único que apresentou aumento durante a pandemia foi o grupo de assinaturas online de música, jogos, séries e filmes. As refeições em restaurantes, por exemplo, caíram 54%, enquanto a compra de ingressos para shows, cinema e eventos esportivos recuou em 50%. 

A empresária Giselle Jost conseguiu guardar, mensalmente, uma quantia três vezes maior do que poupava antes. “Sem viagens e sem sair de casa, reduzi bastante os meus gastos. Baixei aplicativo mês passado para organização financeira e preciso aprender mais sobre investimento para saber o que fazer com o dinheiro que consegui guardar”, comenta.

Leia também:
Inflação faz juro ficar negativo e ter pior rendimento do milênio – e vai piorar
Amazon Prime Video inclui canais pagos na plataforma e tenta criar ‘marketplace’

Cofrinho quebrado (poupança)
Foto: Pixabay

De acordo com a administradora e diretora de produtos da ConsigaMais, Camilla Clemente, o primeiro passo para quem tem uma economias é fazer uma reserva de emergência ou até mesmo pagar as dívidas parceladas. “Antes de começar a investir, é essencial ter pelo menos três vezes dos gastos mensais aplicados em investimento de curto prazo. Outra coisa que pode ser importante é olhar para as dívidas parceladas e quitar, porque evita o pagamento de juros”, explica. 

A mudança de comportamento na pandemia vai se refletir em 2021. Segundo a pesquisa do CNI, 59% dos brasileiros pretendem poupar dinheiro no ano que vem. Quando questionados sobre os motivos, a maioria reflete a mudança de hábitos impulsionada pela pandemia: conseguiu economizar e quer continuar economizando (25%); pretende mudar certos hábitos depois da crise (24%); a renda diminuiu (21%) ou reduziu o consumo e não sentiu falta (14%).   

Para o ano que vem, 35% dos entrevistados também pretendem reduzir compras de bens e também o consumo de serviços em relação ao período anterior à pandemia. 

Ainda segundo o levantamento, 94% da população acreditam que a pandemia teve um impacto muito grande ou grande na economia do país e a maioria (67%) acredita que vai precisar de mais de um ano para a retomada. 

A pesquisa ouviu 2 mil entrevistas realizadas pelo Ibope Inteligência em 127 municípios entre os dias 17 e 20 de setembro .

Mais Recentes da CNN