Índia informa que liberará 5 milhões de barris de sua reserva de petróleo

O país diz também que está atenta aos preços interno de petróleo e diesel

Exploração de petróleo em Carlsbad, Novo México
Exploração de petróleo em Carlsbad, Novo México 11/2/2019 REUTERS/Nick Oxford

Gabriel Bueno da Costa, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O governo da Índia informa, em comunicado nesta terça-feira (23) que concordou em liberar 5 milhões de barris de sua reserva estratégica de petróleo.

O texto informa que o fato ocorre em paralelo e em meio a consultas com outros grandes consumidores globais de energia, incluindo os Estados Unidos, a China, o Japão e a Coreia do Sul.

A Índia diz acreditar que os preços dos hidrocarbonetos “devem ser razoáveis, responsáveis e determinados pelas forças do mercado”.

O país afirma que tem demonstrado várias vezes preocupação com a oferta de petróleo sendo “artificialmente ajustada abaixo dos níveis da demanda por países produtores”, o que leva a preços mais altos e a “consequências negativas”.

A Índia diz também que está atenta aos preços interno de petróleo e diesel, tendo ajustado tarifas no setor para conter pressões inflacionárias.

A nota qualifica essas reduções de tarifas como “passos difíceis” e com impacto fiscal “elevado” para o governo, mas argumenta que elas são tomadas para aliviar o quadro para a população.

Mais Recentes da CNN