Após divergência, conselho da Petrobras autoriza reajuste do diesel

A defasagem entre o preço internacional e local chega a 26% nas contas da estatal

Raquel Landim

Ouvir notícia

Em uma reunião tensa, o conselho de administração autorizou a diretoria da Petrobras a reajustar o preço do diesel, relataram fontes presentes à CNN.

Um aumento do preço do diesel deve ocorrer nos próximos dias, como vinha sendo defendido pela área técnica. A defasagem entre o preço internacional e local chega a 26% nas contas da estatal, o que poderia comprometer as importações e o abastecimento do país.

Segundo pessoas que participaram da reunião, o presidente do conselho de administração, Márcio Weber, relatou que recebeu um ofício do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, sobre um possível programa de subvenção ao diesel e propôs que a estatal aguardasse até segunda-feira para tomar uma decisão.

José Mauro Coelho, presidente da Petrobras, argumentou que a empresa já havia esperado pela aprovação da redução do ICMS no Congresso e que não é possível esperar mais. Houve divergência entre os conselhos, mas a decisão de manter o poder da diretoria prevaleceu.

Procurada, a Petrobras disse que não vai comentar.

Mais Recentes da CNN