Aumento no preço do frete internacional pode ameaçar recuperação global

Questão é baseada especialmente no problema dos contêineres, observado desde o ano passado

Fernando Nakagawado CNN Brasil Business

Em São Paulo

Ouvir notícia

Um alerta da Agência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad) para o comércio mostra que o atual aumento no custo do frete marítimo, se sustentado, poderia aumentar o preço médio dos importados em 11%, ameaçando a recuperação da economia global.

A questão é baseada especialmente no problema dos contêineres, observado desde o ano passado, no pior momento da pandemia.

Um dos motivos da crise dos contêineres se dá pelo fato de as pessoas começarem a comprar mais eletrônicos. A demanda das fábricas cresceu, mas muitas das unidades não podiam ser enviadas por falta dos contêineres que estavam em portos aguardando novos produtos. Isso acarretou um efeito dominó que desestruturou toda a cadeia logística.

A Unctad deu alguns exemplos sobre o aumento do custo: o frete de um contêiner saindo de Xangai para portos da Europa custava, em junho do ano passado, mais ou menos US$ 1.000. Em dezembro do ano passado, já estava em US$ 4.000. Em julho deste ano, o valor passou para US$ 7.400.

Segundo o diretor do CNN Brasil Business, Fernando Nakagawa, já é possível sentir os efeitos desse aumento no preço dos eletrônicos.

Mais Recentes da CNN