Bill Gates e Boris Johnson fazem parceria para investir em “tecnologia verde”

Bilionário e premiê britânico anunciaram acordo que prevê investimento de 400 milhões de libras em tecnologia verde

Flávia Duarteda CNN

Em Londres

Ouvir notícia

O empresário bilionário Bill Gates e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, se reuniram para acertar uma nova parceria que deve reduzir custos tecnológicos para o uso de fontes renováveis de energia. O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira (19), em Londres.

A parceria prevê investimento de 400 milhões de libras em “tecnologia verde”, como a utilização de hidrogênio, o armazenamento de energia no longo prazo, investimentos em combustíveis mais limpos para a aviação e a retirada direta de dióxido de carbono da atmosfera.

Gates anunciou que está trabalhando em parceria com o governo britânico para reduzir o custo dessas novas tecnologias. Além do Reino Unido, o empresário afirmou que também pretende ajudar demais países a atingirem a meta de alcançar emissões líquidas zero até 2050.

“Vamos aumentar o tamanho desses projetos e reduzir os custos. Vamos trazer isso ao mesmo patamar que nós estamos hoje com energia solar e eólica para que eles ganhem tamanho e reduzam emissões”, disse Gates no encontro.

Cúpula de Investimento Global

Boris Johnson abriu hoje a Cúpula de Investimento Global, em Londres, encontro que reúne 200 das maiores empresas do mundo e investidores. O premiê britânico discutiu o papel das empresas privadas no combate às mudanças climáticas.

No evento, o governo do Reino Unido anunciou 18 novos acordos em um investimento total de quase 10 bilhões de libras para fazer a transição para energias mais limpas. Segundo o governo britânico, o investimento estrangeiro vai gerar pelo menos 30 mil novos empregos em todo o Reino Unido.

Mais Recentes da CNN