Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas da Ásia fecham em alta com recuperação de NY, apesar de situação na Ucrânia

    Mercado asiático fechou majoritariamente em alta nesta sexta-feira (25), após recuperação de Wall Street no dia anterior

    Pedestre caminha em frente à Bolsa de Valores de Xangai
    Pedestre caminha em frente à Bolsa de Valores de Xangai 03/02/2020REUTERS/Aly Song

    Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

    Ouvir notícia

    As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta sexta-feira (25), à medida que Wall Street se recuperou de forma surpreendente nos negócios da tarde de ontem, depois de inicialmente reagir em forte queda à invasão da Ucrânia por forças russas.

    O índice japonês Nikkei subiu 1,95% em Tóquio, a 26.476,50 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 1,06% em Seul, a 2.676,76 pontos, e o Taiex apresentou ganho de 0,33% em Taiwan, a 17.652,18 pontos.

    Na China continental, o Xangai Composto teve alta de 0,63%, a 3.451,41 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto se valorizou 1,21%, a 2.310,07 pontos.

    Exceção, o Hang Seng caiu 0,59% em Hong Kong, a 22.767,18 pontos.

    O predomínio do apetite por risco na Ásia veio após as robustas perdas de ontem, quando a Rússia lançou múltiplos ataques na Ucrânia e as bolsas de Nova York impressionaram o mercado e terminaram o pregão no azul.

    Na Oceania, a bolsa australiana teve leve alta nesta sexta, após sofrer ontem sua maior queda em um único dia desde setembro de 2020, de quase 3%. O S&P/ASX 200 avançou 0,10% em Sydney, a 6.997,80 pontos.

    Mais Recentes da CNN