Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Caminhoneiros devem receber R$ 2 mil em agosto, equivalente a duas parcelas do auxílio

    Como não houve tempo de governo fazer pagamento da primeira parcela ainda em julho, benefício será dobrado no mês

    Caminhoneiros receberão seis parcelas até dezembro
    Caminhoneiros receberão seis parcelas até dezembro 09/09/2021 REUTERS/Carla Carniel

    Artur Nicocelido CNN Brasil Business*

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Os caminhoneiros devem receber R$ 2 mil em 9 de agosto, referentes às duas primeiras parcelas do auxílio para motoristas de caminhão. O valor faz parte da PEC dos benefícios, promulgada em 14 de julho.

    Como não houve tempo de o governo fazer o pagamento da primeira parcela ainda em julho, o benefício será dobrado este mês.

    Ao todo, serão seis parcelas pagas até dezembro deste ano. O pagamento das outras quatro parcelas está previsto para acontecer em 24 de setembro, 22 de outubro, 26 de novembro e 17 de dezembro.

    Para os caminhoneiros, a proposta libera R$ 5,4 bilhões para o pagamento de um voucher de R$ 1 mil. Poderão receber o dinheiro os motoristas que estavam cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas até o dia 31 de maio.

    O benefício será pago para cada transportador autônomo, independentemente da quantidade de veículos que cada um possa ter.

    Para receber o valor, o motorista deve estar com a  Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o CPF válidos.

    Taxistas

    A partir desta segunda-feira (25), os taxistas de todo o Brasil podem ser cadastrados pelos municípios para receberem seu benefício também definido na PEC.

    As orientações para a inserção dos dados e demais informações sobre o pagamento do BEm-Taxista estão neste endereço. O sistema ficará aberto para receber os cadastros até 31 de julho.

    Às prefeituras que não conseguirem atender o primeiro prazo, será concedida nova oportunidade ainda no mês agosto. O sistema estará aberto novamente no período de 5 a 15 de agosto.

    A previsão é pagar até seis parcelas de até R$ 1 mil cada, observados a quantidade de taxistas elegíveis e o limite global disponível para o pagamento do auxílio.

    O primeiro pagamento será em 16 de agosto e deverá contemplar duas parcelas, referentes aos meses de julho e agosto. Já o pagamento dos taxistas incluídos na segunda etapa está previsto para o dia 30 de agosto.

    Para esta modalidade, todos os municípios vão passar os dados dos profissionais com permissão para prestação do serviço. São R$ 2 bilhões para bancar esse auxílio, que deve ficar em R$ 200 reais, segundo o Ministério da Cidadania.

    *Com informações da Agência Brasil

     

    Mais Recentes da CNN