Chile reduz previsão de crescimento econômico e revisa inflação para cima em 2022

PIB do país andino agora deve aumentar 1,5% em 2022, abaixo da previsão anterior de 3,5% de crescimento, afirmou o ministro das Finanças

"Estamos fazendo estimativas mais conservadoras", afirmou Marcel durante a audiência desta terça-feira (3)
"Estamos fazendo estimativas mais conservadoras", afirmou Marcel durante a audiência desta terça-feira (3) 14/04/2022REUTERS/Ailen Diaz

Por Fabian Cambero, da Reuters

Ouvir notícia

O Chile, maior produtor mundial de cobre, reduziu drasticamente as expectativas para seu crescimento econômico em 2022, já que a demanda doméstica deve cair, disse o Ministério das Finanças chileno nesta terça-feira (3), que também revisou para cima sua previsão de inflação.

O Produto Interno Bruto (PIB) do país andino agora deve aumentar 1,5% em 2022, abaixo da previsão anterior de 3,5% de crescimento, afirmou o ministro das Finanças, Mario Marcel, durante uma audiência a um comitê do Senado.

Os preços ao consumidor devem subir 8,9% este ano, taxa acima do aumento de 6,5% esperado na previsão anterior, acrescentou.

“Estamos fazendo estimativas mais conservadoras”, afirmou Marcel durante a audiência desta terça-feira.

Enquanto isso, a demanda doméstica agora deve cair 1,0% em 2022, ante uma estimativa anterior de um crescimento de 2,6%.

Mais Recentes da CNN