Crescimento da energia solar deve chegar a 100%, diz presidente de associação

À CNN Rádio, o presidente do Conselho da ABSOLAR, Ronaldo Koloszuk, no entanto, diz que crescimento ainda é insuficiente perto do que poderia ser

Painéis solares
Painéis solares Foto: Muriel de Seze / Getty Images

Amanda GarciaAlessandra Ferreirada CNN

São Paulo

Ouvir notícia

A crise energética fará com que o crescimento do setor da energia solar chegue a 100% neste ano, de acordo com a previsão do presidente do Conselho da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Ronaldo Koloszuk.

Em entrevista à CNN Rádio nesta segunda-feira (11), ele avalia que o número, embora demonstre crescimento acelerado – já há 50% na participação na geração distribuída este ano na comparação com 2020 –, “é muito pouco.”

Koloszuk acredita que a alta poderia ser ainda maior diante do momento pelo qual o Brasil passa, de escassez hídrica e consequente escassez energética.

Ele defende que a tecnologia já foi mais inacessível. “Era caro, mas a tecnologia é antiga, madura, ainda não tinha grande escala na produção.”

“Hoje, a energia solar se torna mais acessível a cada ano, tem 70 linhas de financiamento, com taxa de juros que, ao financiar, a conta de energia fica igual ou mais barata do que era a conta de energia antes”, contou.

“O retorno do investimento é muito mais rápido, é muito atrativo e deveria ser mais bem aproveitado, com mais incentivos, o Brasil precisa de eletricidade para crescer”, completou.

Mais Recentes da CNN