Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Dia Internacional da cerveja: Setor é responsável por 2,2% do PIB

    Brasil pode superar o recorde histórico com 15 bilhões de litros produzidos até o fim do ano, segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil)

    Homem serve cerveja no copo
    Homem serve cerveja no copo Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas

    Camille Coutoda CNN

    no Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    O Dia Internacional da Cerveja – comemorado na primeira sexta-feira do mês de agosto – terá um gostinho especial nesse ano, segundo os produtores da bebida.

    O motivo é que o Brasil pode bater o recorde histórico de produção e fechar 2022 acima dos 15 bilhões de litros, superando a marca de 14,6 bilhões do ano passado. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil).

    A Associação informou que, em 2021, o valor médio do litro repassado ao consumidor ficou em R$ 12,00, totalizando R$ 175 bilhões de valor agregado à economia, correspondendo a 2,2% do PIB.

    Somente no primeiro semestre foram produzidos 7,1 bilhão de litros, o que já aponta um crescimento de 3,1% comparado ao ano anterior. A projeção para este ano leva em consideração a alta do consumo em um ano de Copa do Mundo.

    O diretor geral da CervBrasil, Paulo Petroni, explica que apesar do otimismo com a retomada plena das atividades, o setor ainda não atingiu o patamar pré-pandemia. Nos primeiros meses de restrições impostas pela Covid, houve uma perda relevante por conta do fechamento de bares e restaurantes.

    “O impacto não aconteceu no volume, mas sim na rentabilidade. Houve uma migração muito forte do que é vendido nos estabelecimentos para o supermercado.” afirma o presidente da associação.

    Do campo ao copo

    São cerca de 2,2 milhões de pessoas que trabalham e vivem do negócio da cerveja ao longo de toda cadeia produtiva. Em números gerais, são 1.400 cervejarias que através de uma frota de 40 mil veículos distribui a bebida para mais de 1 milhão de pontos de venda em todo o Brasil.

    Mais Recentes da CNN