É impossível antecipar “dinheiro esquecido” como golpistas falam, diz especialista

Arthur Igreja, especialista em tecnologia e segurança digital, destacou que os golpes encontram maior aderência com pessoas que tenham pouco conhecimento de tecnologia, pressa ou ganância para receber algum valor

Artur NicoceliDuda Cambraiada CNN*

São Paulo

Ouvir notícia

O Banco Central anunciou o lançamento da plataforma Sistema Valores a Receber (SVR), onde os brasileiros e as empresas conseguem checar se possuem algum dinheiro ‘esquecido’ nos bancos ou instituições financeiras e realizar o resgate do montante em datas estipuladas pelo BC.

A novidade do BC fez sucesso entre a população, mas também tem atraído muitos criminosos que têm se aproveitado da falta de conhecimento da população com tecnologia e a vontade de receber o dinheiro mais rápido para aplicar golpes.

Arthur Igreja, especialista em tecnologia e segurança digital, em entrevista à CNN, conta que golpistas criam sites falsos alegando ser possível antecipar o valor para as pessoas caso elas realizem um Pix, “Mas é impossível antecipar o valor”. O Banco Central decretou um calendário para que as pessoas chequem se possuem algum valor.

O especialista destacou que os golpes encontram maior aderência com pessoas que tenham pouco conhecimento de tecnologia, pressa ou ganância para receber algum valor.

Caso tenham algum valor, Igreja explica que é necessário fazer upload de documentos, além de tirar fotos.  “O importante é ter calma enquanto realiza todo o processo”. O especialista lembra que o Banco Central tentou um primeiro site, mas devido à alta demanda, tiveram que lançar um novo site de busca pelo valor a receber.

O Banco Central comunicou que há cerca de R$ 8 bilhões parados em bancos e instituições financeiras de todo o país.

*supervisionado por Layane Serrano

 

 

Mais Recentes da CNN