Economia global vai superar US$ 100 trilhões em 2022 pela 1ª vez, diz consultoria

Consultoria britânica Cebr previu que a China se tornará a maior economia do mundo em dólares em 2030, dois anos depois do previsto no relatório da Tabela da Liga Econômica Mundial do ano passado

Foto: Reuters/Lee Jae-Won

Reuters

Ouvir notícia

A produção econômica mundial ultrapassará US$ 100 trilhões pela primeira vez no ano que vem, e a China levará um pouco mais de tempo do que se pensava para ultrapassar os Estados Unidos como a economia nº 1, mostrou um relatório neste domingo (26).

A consultoria britânica Cebr previu que a China se tornará a maior economia do mundo em dólares em 2030, dois anos depois do previsto no relatório da Tabela da Liga Econômica Mundial do ano passado.

A Índia parece destinada a ultrapassar a França no próximo ano e depois a Grã-Bretanha em 2023 para recuperar seu lugar como a sexta maior economia do mundo, disse Cebr.

“A questão importante para a década de 2020 é como as economias mundiais lidam com a inflação, que agora atingiu 6,8% nos EUA”, disse o vice-presidente do Cebr, Douglas McWilliams.

“Esperamos que um ajuste relativamente modesto no leme traga os elementos não transitórios sob controle. Do contrário, o mundo precisará se preparar para uma recessão em 2023 ou 2024.”

O relatório mostrou que a Alemanha estava a caminho de ultrapassar o Japão em termos de produção econômica em 2033. A Rússia pode se tornar uma das 10 maiores economias em 2036 e a Indonésia deve estar no caminho para o nono lugar em 2034.

Mais Recentes da CNN