Elon Musk consegue levantar US$ 7,14 bilhões em financiamento para compra do Twitter

Dinheiro levantado cortará pela metade a soma que Musk precisa pegar emprestado em contrapartida à parte de suas ações da Tesla

Dow Jones Newswires, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

Dezenove investidores se comprometeram a levantar US$ 7,14 bilhões em financiamento para a compra do Twitter pelo CEO da Tesla, Elon Musk.

Entre os principais investidores, está o príncipe al-Waleed bin Talal da Arábia Saudita, que concordou em manter sua participação de quase US$ 1,9 bilhão no Twitter após a aquisição de Musk, segundo divulgação.

O novo dinheiro levantado cortará pela metade a soma que Musk precisa pegar emprestado em contrapartida à parte de suas ações da Tesla, e vai reduzir um pouco a quantia que ele deverá colocar pessoalmente, para cerca de US$ 20 bilhões.

O cofundador do Oracle, Larry Ellison, que tem posição no Conselho da Tesla, vai investir US$ 1 bilhão, enquanto a Binance, bolsa de criptomoedas controlada pelo bilionário Changpeng Zhao, prometeu US$ 500 milhões em financiamento.

Outros contribuintes incluem US$ 850 milhões da Sequoia Capital. Os braços dos gestores de ativos Fidelity Investments e Brookfield Asset Management Inc. também participarão.

Mais Recentes da CNN