Embraer anuncia nova linha de aeronaves visando zero emissões; veja fotos

Energia Family é composta por quatro novos conceitos de aeronaves comerciais com tecnologias de propulsão sustentável

Thiago Vinholescolaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

A Embraer anunciou nesta segunda-feira (8) o lançamento da “Energia Family”, uma linha de aeronaves conceito com tecnologias de propulsão sustentável.

A ação faz parte da mais recente iniciativa da fabricante, denominada Sustainability in Action, cujo objetivo é ajudar a indústria aeronáutica a atingir a meta de zero emissões líquidas de carbono até 2050.

A série Energia contempla quatro aeronaves comerciais conceituais de portes variados e cada uma delas possui uma tecnologia de motorização diferente, de baixa ou zero emissão de carbono. São aviões propostos com motores elétricos, célula de combustível de hidrogênio, turbina a gás de duplo combustível e híbrido-elétrico.

De acordo com a Embraer, cada aeronave está sendo analisada de acordo com sua viabilidade técnica e comercial. A fabricante, porém, ainda não cravou datas sobre o lançamento dos projetos.

Em vez disso, ela divulgou os prazos em que espera ter as novas tecnologias disponíveis, o que pode acontecer entre os anos 2035 e 2040. A empresa acredita que há uma demanda potencial para 4.000 aeronaves com esses novos recursos nos próximos 20 anos.

Não há solução fácil ou única para chegar à emissão zero. Novas tecnologias e sua infraestrutura de suporte serão disponibilizadas com o tempo. Estamos trabalhando agora para ajustar os primeiros conceitos de avião, aqueles que podem começar a reduzir as emissões o quanto antes”, Luis Carlos Affonso, vice-presidente sênior de Engenharia, Tecnologia e Estratégia Corporativa da Embraer.

Segundo ele, aeronaves pequenas são ideais para testar e comprovar novas tecnologias de propulsão para que elas possam, posteriormente, ser aplicadas em aeronaves maiores. “É por isso que nossa Energia Family é uma plataforma tão importante”, diz.

O anúncio da Embraer coincide com encontro climático COP26 em Glasgow, na Escócia, num momento em que as preocupações com o aquecimento global e a degradação do meio ambiente atingem níveis alarmantes.

Conheça a seguir os quatro conceitos de aviões sustentáveis da Embraer:

Energia Hybrid

Avião de pequeno porte para nove passageiros, o Energia Hybrid é proposto com motorização híbrida-elétrica.

Como nos carros híbridos, o projeto da Embraer sugere combinar a força de motores elétricos com propulsores convencionais, no caso turboélices movido a SAF (Combustível Sustentável de Aviação, misturas de cana de açúcar e combustível derivado da planta de camelina e combustível fóssil) para reduzir em até 90% as emissões de CO2. A fabricante diz que essa tecnologia deve estar disponível em meados de 2030.

Energia Electric

Outro modelo de pequeno porte com capacidade para nove ocupantes, o Energia Electric é um conceito de avião com motor elétrico e hélices contra-rotativas (que giram em sentidos opostos).

É, portanto, uma aeronave de zero emissão de CO2. Segundo a Embraer, a tecnologia de motores para aviões comerciais deve atingir o ponto de maturação em 2035.

Energia H2 Fuel Cell Gas Turbine

Avião de zero emissão de CO2, o Energia H2 Fuel Cell Gas Turbine com 19 assentos conta com um motor de propulsão elétrica de hidrogênio.

Ou seja, a aeronave será equipada com um gerador de energia próprio (alimentado pela reação química entre hidrogênio e oxigênio), que por sua vez fornecerá a eletricidade para o motores a hélice na parte traseira da aeronave.

A Embraer prevê que essa tecnologia estará disponível até 2035.

Energia Gas Turbine

Maior modelo da série conceitual, com capacidade entre 35 e 50 passageiros, o Energia Gas Turbine promete reduzir em 100% as emissões de CO2 utilizando motores bicombustível, movidos a hidrogênio ou SAF.

A disponibilidade dessa tecnologia é aventada pela fabricante para 2040.

 

Mais Recentes da CNN