Expo Dubai deve receber 25 milhões de visitantes

CNN Brasil está nos Emirados Árabes para acompanhar feira, que mostra a última palavra em inovação, oportunidade, tecnologia, mobilidade e sustentabilidade

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O mundo árabe recebe, a partir desta quinta-feira (30), expositores de quase 200 países que, juntos, vão mostrar a última palavra em inovação, oportunidade, tecnologia, mobilidade e sustentabilidade.

É a Expo Dubai, que vai durar seis meses e irá nos ajudar a entender as possibilidades para o mundo do futuro. A CNN acompanha o evento com uma cobertura especial.

A expectativa é receber 25 milhões de visitantes, mais do que o dobro da população dos Emirados Árabes Unidos, que sedia a feira internacional.

Cidade cosmopolita

Dubai é uma cidade cosmopolita de mais de 3 milhões de habitantes. A construção civil ergueu a maior torre do mundo — e tudo que é possível ver ao redor. Este será o cenário da próxima Expo Mundial, a primeira vez de uma expo no mundo árabe.

A abertura oficial será nesta quinta-feira. Os organizadores da Expo Dubai dividiram os países participantes entre os três temas básicos. A esperança é que tudo que vá ser mostrado inspire os visitantes para levarem essas ideias, de volta, na bagagem.

  • Mobilidade: tratando de tecnologia de transporte, mas também da movimentação de ideias, de conceitos que circulam cada vez mais rápido;
  • Oportunidade: a chance de aprender com lições a serem compartilhadas sobre diversos assuntos de interesse global;
  • Sustentabilidade: é o terceiro tema, mas permeia toda a Expo — o foco é discutir a relação entre meio ambiente e pessoas.

O pavilhão brasileiro terá esse espírito e vai simular a Bacia Amazônica, oferecendo cores, cheiros e toques da nossa floresta.

Tradição do século XIX

A tradição de juntar os países num só lugar teve início no século XIX. A primeira grande exposição foi em 1851, em Londres. Era exibida a última palavra em maquinário, num mundo ainda sob impacto da Revolução Industrial. Com o passar dos anos, a tecnologia sempre esteve por trás da Expo.

Em 1876, na Filadélfia, Estados Unidos, o telefone era apresentado ao mundo e, também, a um ilustre visitante: Dom Pedro II.

A Torre Eiffel nasceu para uma expo, a de 1889, em Paris. Já a edição de 1922 foi no Brasil. Na ocasião, o Rio de Janeiro recebia os visitantes em pavilhões construídos à beira-mar, no bairro da Urca.

Mais Recentes da CNN