Exportações brasileiras crescem 36% no primeiro semestre de 2021 

Levantamento mostra que China, UE, EUA, Mercosul e Japão são os principais parceiros econômicos do Brasil 

Foto: Luoman / Getty Images

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro 

Ouvir notícia

 

As exportações brasileiras somaram US$ 136,4 bilhões no primeiro semestre do ano, de acordo com os dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O número é 36% maior, quando comparado com o mesmo período de 2020.   

O levantamento aponta que a China, a União Europeia, os Estados Unidos, o Mercosul e o Japão foram os principais parceiros econômicos do brasil no primeiro semestre. Juntos, os cinco parceiros comerciais representam o destino de 65% de todas as exportações do país – totalizando US$ 88,4 bilhões.  

 

A China representa o maior parceiro econômico do Brasil, sendo responsável por US$ 47,2 bilhões no primeiro semestre, tendo a União Europeia em segundo lugar com US$ 17,8 bilhões. Logo em seguida, vêm os Estados Unidos, com US$ 13,3 bilhões, Mercosul, com US$ 7,9 bilhões e Japão, com US$ 2,2 bilhões.  

Para o superintendente de Desenvolvimento Industrial da Confederação, João Emilio Gonçalves, o crescimento no fluxo comercial acontece por conta da melhora no cenário pandêmico. Segundo ele, o momento é oportuno para o Brasil priorizar e intensificar as operações comerciais.  

“Desde celebrar novos acordos comerciais, até a eliminação de barreiras impostas às exportações brasileiras. Nosso objetivo é aproveitar essa janela de oportunidades no comércio mundial para dinamizar nossa relação com esses países e melhorar a qualidade da nossa pauta de exportações”, avalia.

Mais Recentes da CNN