Fernando Molica: Ministro nega racionamento de energia, mas já está acontecendo

No quadro Liberdade de Opinião, jornalista repercutiu entrevista à CNN do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, sobre nova bandeira tarifária da conta de luz

Da CNN

São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta quarta-feira (1º), o jornalista Fernando Molica repercutiu a entrevista exclusiva à CNN do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Apesar do pedido para a população economizar energia “de maneira voluntária”, ele afirmou que o risco de racionamento é zero.

A declaração acontece logo após o governo aumentar a bandeira tarifária mais uma vez. A partir de setembro, a conta de luz vai ficar quase 7% mais cara e a nova bandeira ficará em vigor até abril do ano que vem.

“A nossa bandeira, pelo menos a bandeira energética, acabou ficando vermelha”, ironizou o jornalista. “Quando o ministro fala que não haverá racionamento, na verdade, ele está dizendo que não haverá falta de luz. Ele deu a entender que há outras alternativas, além da termelétrica, que é uma energia mais cara, e falou na tentativa de não se importar energia de outros países vizinhos”, disse Molica.

“O que ele quis dizer é que não haverá um apagão, não haverá falta de energia, mas racionamento já há. Na medida em que o governo se vê forçado a criar mecanismos punitivos no bolso, se está criando uma forma de racionamento e isso é inegável”, afirmou Molica.

“Existe um tema importante que é a falta de chuva. Por mais que o presidente se ache o mandachuva, ele não tem como fazer chover. Isso é grave, estamos passando por uma seca histórica. Agora, vem também a questão de planejamento.”

“O governo demorou para tomar essa atitude, semana passada mesmo o presidente falou para apagar uma luz em casa”, disse o jornalista. “[O alto consumo de energia elétrica] é algo estrutural que o governo, este e os futuros, têm que prestar muita atenção nisso”, concluiu.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Fernando Molica e Alexandre Garcia. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Fernando Molica no quadro Liberdade de Opinião / CNN Brasil (1.set.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN