Fonte solar atinge marca histórica de 12 gigawatts no Brasil

Energia é suficiente para abastecer quatro milhões de residências brasileiras com consumo médio de energia de 150 kwh

Painéis de energia solar instalados em telhado
Painéis de energia solar instalados em telhado Foto: Pixabay/Ulleo

Isabelle ResendeIuri Corsinida CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O Brasil ultrapassou a marca histórica de 12 gigawatts (GW) de capacidade instalada de energia solar em usinas de grande porte e em sistemas de pequeno e médio portes instalados em telhados, fachadas e terrenos.

A potência corresponde a 1,8 GW de energia firme, que é a capacidade de suprimento de energia.

Essa quantidade de energia gerada é suficiente para abastecer quatro milhões de residências brasileiras com consumo médio de energia de 150 KWh (kilowatt/hora), segundo o professor de Planejamento Energético da Coppe, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Marcos Freitas, que considerou o resultado muito positivo.

De acordo com Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a fonte solar já trouxe ao Brasil mais de R$ 60,6 bilhões em novos investimentos, sendo R$ 15,7 bilhões em arrecadação aos cofres públicos e contribuindo para a geração de mais de 360 mil empregos acumulados desde 2012.

Para o CEO da Absolar, Rodrigo Sauaia, além da evitar a emissão de 13,6 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera, a fonte ajuda a diversificar o suprimento de energia elétrica do país, reduzindo a pressão sobre os recursos hídricos e o risco de ainda mais aumentos na conta de luz da população.

Hoje o Brasil possui 4,5 GW de potência instalada em usinas solares de grande porte, o equivalente a 2,4% da matriz energética brasileira.

Atualmente, essas usinas são a sexta maior fonte de geração do Brasil, com empreendimentos em operação em nove estados brasileiros, nas regiões Nordeste (Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte), Sudeste (Minas Gerais e São Paulo) e Centro-Oeste (Tocantins).

No segmento de geração própria de energia são 7,5 GW de potência instalada da fonte solar, espalhados pelas cinco regiões do Brasil, sendo o estado de Minas Gerais o maior gerador de energia.

A tecnologia solar é utilizada atualmente em 99,9% de todas as conexões de geração própria no país, liderando com folga o segmento.

Ao somar as capacidades instaladas das grandes usinas e da geração própria de energia solar, a fonte solar ocupa, agora, o quinto lugar na matriz elétrica brasileira.

Para o presidente do Conselho de Administração da Absolar, Ronaldo Koloszuk, além de competitiva e acessível, a energia solar é rápida de instalar e ajuda a aliviar o bolso dos consumidores, reduzindo em até 90% seus gastos com energia elétrica.

“Energia elétrica competitiva e limpa é fundamental para o país recuperar a sua economia e conseguir crescer. A fonte solar é parte desta solução e um verdadeiro motor de geração de oportunidades, novos empregos, renda aos cidadãos”, conclui Koloszuk.

Dados da empresa Meu Financiamento Solar, que oferece financiamento para instalação de sistemas fotovoltaicos em residenciais e empresas, apontam um crescimento de 150% na procura por linha de crédito até o final de 2021.

De acordo com a diretora comercial, Carolina Reis, os consumidores brasileiros têm buscado alternativas para escapar da inflação das tarifas de energia, que já acumula uma alta de mais de 30% nos últimos doze meses.

“São cerca de 18 mil solicitações de financiamento por mês. Só no período de apenas um ano, já contabilizamos 40 mil pedidos de financiamento pagos” afirma a executiva.

Mais Recentes da CNN