Função do Pix parecida com o boleto começa a valer nesta sexta (14)

Pix Cobrança permitirá agendamento de pagamentos a partir do dia 1º de junho

Foto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

O Banco Central (BC) lançou a função Pix Cobrança, parecida com o pagamento por boleto, nesta sexta-feira (14). Em vez do código de barras do boleto, os dados serão acessados por um QR Code. 

Com o Pix Cobrança, empresas e microempreendedores poderão gerar QR Codes para pagamento em datas futuras, com a inclusão de juros, multas, acréscimos, descontos e outros abatimentos. Desde o lançamento do Pix, em 16 de novembro, é possível gerar um código QR para pagamentos imediatos.

Por enquanto, não será possível agendar os pagamentos — função que ficará disponível somente a partir de 1º de junho. 

O Pix atualmente já conta com mais de 87 milhões de CPFs cadastrados, segundo dados de abril do Banco Central.

Outras novidades do sistema Pix que devem surgir são o Pix Saque e o Pix troco. O Banco Central abriu uma consulta pública para acolher sugestões sobre essas novas funcionalidades. A consulta pública vai até o dia 9 de junho. 

*Com informações de Agência Brasil

 

Mais Recentes da CNN