Governo precisa dar respostas sobre recursos, diz relator do Auxílio Brasil

Marcelo Aro afirmou que aumento do benefício geraria ônus orçamentário de R$ 85 bilhões

Da CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O relator da Medida Provisória (MP) que cria o Auxílio Brasil, deputado federal Marcelo Aro (PP-MG), afirmou em coletiva de imprensa nesta terça-feira (19) que o governo precisa dar respostas à população sobre os recursos para o novo programa social.

O parlamentar esteve em reunião com os ministros da Cidadania, João Roma, e da Casa Civil, Ciro Nogueira para discutir o projeto. O encontro aconteceu após o adiamento do anúncio do substituto do Bolsa Família.

De acordo com o parlamentar, ele é favorável ao valor de R$ 400 do benefício, que foi anunciado pelo Palácio do Planalto. No entanto, ele disse que foi surpreendido pelo aumento, já que o valor até então seria em torno de R$ 300, e não há recursos para isso.

“Esse valor que foi divulgado gera um ônus orçamentário de algo em torno de R$ 85 bilhões”, afirmou Aro.

O deputado também se mostrou contra auxílios temporários para bancar o programa social. “Não é saudável”, disse.

No entanto, segundo Aro, na reunião com os ministros no Planalto ficou decido, inicialmente, que o auxílio transitório seria retirado da MP.

Mais Recentes da CNN