Grupo Avenida registra pedido de IPO junto à CVM

A empresa terminou 2020 com prejuízo de R$ 51,1 milhões, revertendo prejuízo de R$ 25,3 milhões de 2019

Foto: Divulgação - Redes Sociais

Renato Carvalho,

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A rede de varejo de moda Grupo Avenida registrou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) seu pedido para realizar oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa publicou seus prospectos preliminares nesta segunda-feira, 1º.

O Grupo Avenida terminou 2020 com prejuízo de R$ 51,1 milhões, revertendo prejuízo de R$ 25,3 milhões de 2019. O Ebitda da companhia somou R$ 79,6 milhões no ano passado, queda de 47,9%. No critério ajustado, o Ebitda recuou 38,6%. A receita operacional chegou a R$ 641,3 milhões em 2020, recuo de 5,3%.

Na oferta, o coordenador-líder será o Itaú BBA, e também atuarão como coordenadores o Santander Brasil, o UBS BB e o Citi. 

Mais Recentes da CNN