Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Guerra na Ucrânia faz trigo atingir pico de 14 anos e milho ter máxima desde 2012

    Rússia e Ucrânia respondem por cerca de 29% das exportações globais de trigo, 19% das exportações de milho e 80% das exportações de óleo de girassol

    Mercados estavam voláteis enquanto traders avaliavam quanto tempo o conflito Rússia-Ucrânia duraria e se isso prejudicaria o plantio de safras de primavera no hemisfério Norte
    Mercados estavam voláteis enquanto traders avaliavam quanto tempo o conflito Rússia-Ucrânia duraria e se isso prejudicaria o plantio de safras de primavera no hemisfério Norte 31/01/2022REUTERS/Sergey Pivovarov

    Por Tom Polansek, da Reuters

    Ouvir notícia

    Os futuros de trigo negociados na bolsa de Chicago subiram para seu limite diário atingindo um pico de 14 anos nesta quarta-feira (2), com a guerra na Ucrânia levantando grandes preocupações sobre o fornecimento de grãos que estarão disponíveis na região do Mar Negro.

    Os futuros de milho atingiram seu preço mais alto desde dezembro de 2012, quando o mercado estabeleceu um recorde histórico, antes de recuar. O óleo de soja recuou após atingir um recorde.

    Os mercados estavam voláteis enquanto traders avaliavam quanto tempo o conflito Rússia-Ucrânia duraria e se isso prejudicaria o plantio de safras de primavera no hemisfério Norte.

    “A batalha entre a Rússia e a Ucrânia levou ao fechamento dos portos do Mar Negro e eles provavelmente ficarão fechados por pelo menos 60 a 90 dias”, disse Tomm Pfitzenmaier, analista da Summit Commodity Brokerage em Iowa.

    “Isso força o mercado a não exportar para fora dessa região até a primavera (do hemisfério Norte) e deixa o comércio incerto sobre como será a produção na Ucrânia em 2022.”

    Rússia e Ucrânia respondem por cerca de 29% das exportações globais de trigo, 19% das exportações de milho e 80% das exportações de óleo de girassol, que concorre com o óleo de soja.

    Na bolsa de Chicago, o trigo para maio terminou com o limite expandido de 75 centavos de dólar durante a sessão, 10,59 dólares o bushel, seu nível mais alto desde março de 2008. O mercado estabeleceu uma alta histórica de 12,1450 dólares em fevereiro de 2008.

    Os contratos futuros do milho para maio atingiram o pico de 7,4775 dólares, o nível mais alto desde dezembro de 2012, antes de fechar 0,75 centavo mais baixo, a 7,25 dólares o bushel.

    A soja para maio fechou em queda de 27 centavos de dólar a 16,63 dólares o bushel. O óleo de soja estabeleceu uma alta de 77,02 centavos de dólar por libra-peso antes de fechar 0,34 centavo mais baixo, em 75,87 centavos.

     

    Mais Recentes da CNN