Inflação anual nos países da OCDE atinge 7,7% em fevereiro, maior nível desde 1990

Alta de preços ao consumidor na Turquia influenciou fortemente no resultado geral

Consumidora faz compras em supermercado de Paris
Consumidora faz compras em supermercado de Paris 07/08/2020 REUTERS/Benoit Tessier

Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) dos países que integram a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) acelerou para 7,7% em fevereiro, atingindo o maior patamar desde dezembro de 1990.

Os dados foram divulgados pela OCDE em comunicado nesta terça-feira (5). Em janeiro, o CPI anual da região havia sido de 7,2%.

O resultado geral foi fortemente influenciado pelo CPI da Turquia, que deu um salto anual de 54,4% em fevereiro. Excluindo-se a Turquia, a taxa anual média de inflação da OCDE foi de 6,3% em fevereiro.

Embora os preços de energia sigam impulsionando a inflação na maioria dos países da OCDE, os custos de alimentos também tiveram um aumento notável, diz a entidade.

Desconsiderando-se os preços de alimentos e energia, que são bastante voláteis, o índice de preços ao consumidor da OCDE subiu 5,5% em fevereiro ante igual mês do ano passado.

Mais Recentes da CNN