Investimentos em startups brasileiras somam US$ 8,85 bilhões em 2021, diz estudo

Aportes em novembro tiveram o maior valor do segundo semestre, com US$ 809,9 milhões

Fintechs lideram ranking de investimentos em novembro
Fintechs lideram ranking de investimentos em novembro Marcello Casal Jr/Agência Brasil

João Pedro Malardo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

O valor total investido em startups brasileiras entre janeiro e novembro de 2021 atingiu US$ 8,85 bilhões, segundo levantamento da plataforma Distrito. O mês de novembro contou com o maior investimento do segundo semestre, com valor de US$ 809,9 milhões.

De acordo com o relatório divulgado, foram realizadas 55 rodadas de investimento em novembro, totalizando 677 no ano. O volume investido é quase três vezes maior que o de 2020, que totalizou US$ 3,65 bilhões.

Em novembro, as fintechs, startups que atuam na área de finanças, tiveram o maior número de investimentos, fusões e aquisições, com US$ 311 milhões. Elas são seguidas pelas retailtechs (US$ 268 milhões), que desenvolvem tecnologias para a área de varejo.

Ainda nos cinco tipos de startup com mais investimentos, há empresas de gestão de negócios e projetos (US$ 125 milhões), foodtechs, da área de alimentos (US$ 52 milhões), e healthtechs, da área de saúde (US$ 31,3 milhões).

O mês contou, ainda, com um novo unicórnio brasileiro, a cloudwalk. Ela realizou uma rodada de captação e conseguiu US$ 150 milhões, sendo avaliada em mais de US$ 1 bilhão e, com isso, ganhou o título.

Para Gustavo Gierun, cofundador do Distrito, os números mostram uma confiança do mercado no ecossistema de startups. Ele aponta ainda um otimismo com o mercado, já que a maior parte das rodadas de investimentos foram nas fases iniciais dos negócios.

Na comparação com o mesmo mês de 2020, houve nove fusões e aquisições a menos, 16 ante 25. Entretanto, o total de transações no ano já é 37% maior.

O levantamento também apontou um volume três vezes maior em relação a 2020 de investimentos com o chamado Corporate Venture Capital, um tipo de investimento feito por empresas em startups para desenvolver iniciativas empreendedoras.

O tipo de startup mais beneficiado por esse investimento foi o de fintechs. Segundo o Distrito, isso pode representar um interesse nas oportunidades com a expansão do Open Banking e mudanças regulatórias no varejo.

Errata: Inicialmente, a reportagem afirmava que os investimentos em startups brasileiras somavam US$ 8,85 milhões em 2021. O correto é US$ 8,85 bilhões. A informação foi corrigida.

Mais Recentes da CNN