IPC-S sobe em dezembro e encerra 2020 com alta acumulada de 5,17%, diz FGV

O grupo Habitação foi o destaque na aceleração da taxa do índice geral no último mês do ano, registrando avanço de 2,87%, ante alta de 0,33% em novembro

Consumo das famílias aumentou 1,8% e liderou o crescimento (03.Jan.2020)
Consumo das famílias aumentou 1,8% e liderou o crescimento (03.Jan.2020) Foto: Denny Cesare/Código19/Estadão Conteúdo

Luana Maria Benedito, da Reuters

Ouvir notícia

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 1,07% em dezembro e encerrou 2020 com avanço acumulado de 5,17%, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em novembro, o IPC-S havia subido 0,94%. O resultado do ano ficou acima da alta vista em 2019, de 4,11%.

Leia também:
Mapa do Emprego: Veja quais os setores em alta e como ficam os salários em 2021
Perspectivas 2021: O dólar pode voltar para a casa dos R$ 4? Depende do governo

O grupo Habitação foi o destaque na aceleração da taxa do índice geral no último mês do ano, registrando avanço de 2,87%, ante alta de 0,33% na última leitura de novembro.

Por outro lado, chamou a atenção o desempenho do grupo Educação, Leitura e Recreação, que passou de salto de 3,0% em novembro para queda de 0,58% em dezembro.

A meta de inflação do governo para este ano, medida pelo IPCA, é de 4% com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Mais Recentes da CNN