Itapemirim suspende 59 voos no Rio de Janeiro

CNN confirmou que passageiros não foram avisados sobre o cancelamento

Divulgação

Lucas Janoneda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Ita Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, cancelou 59 voos que sairiam do Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, em dezembro. O mesmo número de aviões da companhia também era previsto para pousar no Galeão no período. A empresa alega que a suspensão das operações foi realizada por uma necessidade de “reestruturação interna”.

A CNN confirmou que passageiros que viajariam com a Itapemirim no Galeão só souberam da paralisação do serviço pouco antes de embarcarem. E, portanto, não foram avisados sobre a suspensão das operações.

Num cenário nacional, a empresa tinha 513 voos programados para dezembro. Os voos partiriam dos aeroportos do Galeão (RJ), Brasília (DF), Recife (PE), Salvador (BA) e Guarulhos (SP), que registrou uma confusão na manhã deste sábado (18), em função de um protesto de passageiros que tiveram o voo cancelado.

“No guichê da Itapemirim não tinha nenhum funcionário. Começou um caos, todo mundo batendo palma, gritando, pedindo direcionamento da empresa”, relatou à CNN a passageira Lidiane Santos.

Ela informou que a confusão permaneceu por toda a madrugada no local. “Não houve nenhum direcionamento. Consegui embarcar hoje de manhã por outra companhia aérea, comprando outro bilhete. Na Itapemirim, continua sem ninguém e os passageiros continuam bloqueando a passagem das demais companhias”, disse.

Procurada pela CNN, a assessoria do aeroporto orientou os passageiros com voos programados a consultarem a companhia aérea antes de seguir para o aeroporto. Já a companhia lamentou os transtornos causados e afirmou que irá continuar prestando toda assistência aos passageiros impactados, com “o máximo esforço para, em breve, retomar seus voos.”

*Com informações de Beatriz Araújo e Leonardo Lopes

Mais Recentes da CNN