Lucro da Ourofino Saúde Animal sobe 91,5% no 2º trimestre, a R$ 29,1 milhões

A receita líquida aumentou 33,9%, para R$ 231 milhões

Cédulas de real
Cédulas de real Foto: JoelFotos/Pixabay

Por Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 A Ourofino Saúde Animal obteve lucro líquido ajustado de R$ 29,1 milhões no segundo trimestre de 2021, informou a companhia em relatório. O resultado representa aumento de 91,5% ante igual período do ano passado, quando a companhia lucrou R$ 15,2 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 31,6% na mesma comparação, passando de R$ 38,6 milhões para R$ 50,8 milhões. Já a receita líquida aumentou 33,9%, para R$ 231 milhões.

No segmento de animais de produção, a empresa destacou que o cenário externo é positivo e que os preços de proteína continuam favoráveis, “fatores que incentivam ainda mais o produtor a investir em sanidade animal, na busca pelo aumento de sua produtividade”.

Nesse segmento, a receita líquida aumentou 28% no segundo trimestre, para R$ 173,6 milhões, impulsionada por ganhos de volume e preços. A receita no segmento de animais de companhia somou R$ 30,1 milhões, aumento de 65,6% em relação ao segundo trimestre do ano passado.

“A tendência de maior atenção às necessidades dos bichos de estimação e os laços afetivos, fortalecidos ainda mais durante a pandemia, têm se mantido um importante driver de crescimento da receita, após a forte recuperação que presenciamos no segundo semestre de 2020”, disse a Ourofino em comunicado.

Nas operações internacionais, a receita líquida cresceu 46,3%, para R$ 27,2 milhões. Os destaques foram os efeitos positivos do câmbio e os crescimentos em moeda local no México e na Colômbia.

Mais Recentes da CNN